Capítulo 4- O destino da morte

jetfire-logo.jpg

Os 6 humanos, os famosos heroís do allspark estavam agora em portugal, onde descobriram um novo decepticon, Mixmaster e um novo autobot,Jetfire. Descobriram também que Bonecrusher tinha sobervivido á grande batalha do allspark e sabiam ainda que agora mais decepticons chamados de warriors uniram-se a Mixmaster para destruír Jetfire e os 6 humanos, mas… será que eles o que querem é mesmo isso? Os autobots aterraram de mergência na praia, nesse momento, Prome vê pela janela, com a sua visão biônica com zoom raio-x repara na montanha o bonecrusher a atirar um rochedo contra jetfire, que desvia por um milímetro e começa uma batalha contra bonecrushher… A aterragem não tinha corrido bem, o Optimus Prime tinha ficado meio tonto e Ratchet tinha perdido a sua arma. Quando os cinco autobots, Ironhide, Ratchet, Bumblebee, Prome e Optimus Prime se ergueram no extrior, todos sabiam disso: A probalidade de morrerem era de 9%… Numa escala de 10%!

Lá em cima, na montanha, Jetfire tinha atirado bonecrusher contra o chão. Ele transforma-se em avião e diz aos humanos:

-Pessoal, entrem, antes que o bonecruscher se levante!

Os cinco forma para o avião. Ficaram meio apertados. Mal a última que era Megan pula para o veículo, Bonecruscher levanta-se. O jacto começa a trabalhar e começar a correr, embora tal fosse difícil naquele terreno pedregulhento, mas ele conseguiu atingir uma alta velocidade, logo Bonecruscher seguiu-os a toda a velocidade. Jetfire tinha uma condução incrível em terra, se fosse um humano que o tivesse a conduzir, ele já teria ido contra um depósito ou contra uma pedra, mas ele não. Por outro lado, a “Pista” era pequena demais para levantar vôô, ainda para mais enquanto perseguidos por Bonecrusher, e logo eles vêem no final um penhasco a pique. Ou Jetfire por milagre levantava voo naqueles últimos milímetros ou estava morto, juntamente com os cinco humanos que estavam na cabine. Como óbvio, não deu tempo naqueles últimos segundos de levantar voo e foi projectado pelo ar e Bonecruscher conseguiu travar muito antes do penhasco, observando o avião numa tentativa desesperada de conseguir ligar os motores no ar… E não era que o vento estava ao favor do avião? Por causa de o avião estar na direcção contrária do vento, deu o tempo suficiente para os motores se ligarem, e lá Jetfire foi a voar a toda a velocidade. Bonecrusher dá um berro e dispara um raio lazer contra Jetfire, atingindo e fazendo parar o motor da asa esquerda. Jetfire perde imediatamente o controlo. A sua única hipótese era a praia. Ele desviou-se para a praia, quando de repente dreadwing aparece, transformado no seu modo avião, apontando os seus canhões de fogo para Jetfire, este desviando a pique para não ser atingido, onde pude ver o EMB 3-90 dos autobots despenhado na areia. Não houveram suspiros ou gritos de alegria, pois todos dentro do Jetfire estavam com um medo que lhes percorria a espinha, além de estarem esmagados contra o vidro do cockpit. Dreadwing volta a disparar, atingindo Jetfire nos dois motores, que os pôz em combustão- Jetfire, estava agora a caír. Dreadwing lança um jato de fogo ao Jetfire, queimando-lhe a fusejagem. O motor da esquerda de Jetfire estava totalmente damificado, e de repente explodiu, ardendo com a asa esquerda. Jetfire ainda fazia força para aterrar na praia, que estava a uns 7 quilômetros dele, mas o pior aconteçe: A asa da esquerda divide-se ao meio, posicionando Jetfire para baixo, numa horrível queda a pique. Jetfire diz aos humanos:

-Bom, acho que esta é a despedida, salve-se vocês: Vou ejectar o cockppit.

-NÃO!!!- Implora Mike- Se vais morrer, morremos contigo!

Tendo assim a resposta do Jetfire:

-Nem pensar, sou um autobot fiel aos amigos. Mas, antes de eu morrer, quero dizer que eu numca conheçi algum humato são simpático, como vocês, por iss…RsrsrsrsZzzz…pedir-me…ZzzzBzzz…deus…Rsrsrs

-A cabine estava a soltar-se do avião, e imediatamente é largada nos céus, abrindo-se um enorme pára-quedas de cima dela. Dreadwing voou em frente e foi-se embora, sem notar no cockpit que descera lentamente. Os cinco heroís viram Jetfire a cair com um rasto de fumo atrás, e chega ao solo. Todos esperavam ver uma enorme explosão, mas não viram nada, também estavam tão alto… Mas eles logo caíram em cima do telhado de uma casa. Tristes, saíram da cápsula. Olharam ao fundo da rua onde tinham aterrado, quando de repente vêem um decepticon enorme. Este não tinha armas, mas o seu poder foi representado quando os fitou com um olhar zangado e esmagou com a mão metade do telhado da casa, pronunciando:

-ONDE ESTÃO OS FRAGMENTOS DO CUBO???

Sam grita e começa a fugir, juntamente com o resto do grupo. Pularam para a rua e começaram a correr. O decepticon, cujo nome era dropick passou pelas paredes da casa, dividindo-a em duas e preseguindo os nossos heroís, quando é interrompido por um conservador de 7UP- O Prome! Dropick só lhe desvia a atenção quando o vê transformado em robô.

-Ora, ora, não é um autobot pequenucho armado em bom?

Diz o Dropick sarcasticamente.

-Vais sentir saudades de quando eras vivo, decepticon- Disse prome, activando a sua arma-lazer, atingindo assim a cabeça de dropick.

-UAHHHHHH!- Grita o Dropick com as mãos nos olhos, pois ficara agora cego de um olho… Mas ainda tinha o outro! Antes que Prome pudesse reactivar a sua arma, Dropick pega nele e diz:

-Diz adeus, autob…

Um míssel atinge Dropick na barriga, que o fêz soltar um horrorendo gemido, deixando-se caír sobre o chão e morrendo. Todos olham na dirreção do míssel e viram Jetfire! Sam pergunta:

-Como conseguiste soberviver?

Tendo assim a resposta de Jetfire:

-Consegui transformar-me em avião a tempo antes de caír e agora, vamos LUTAR!

Quando, de repente Jetfire vê o pequeno Prome ao pé dos humanos. Jetfire perguunta:

-Quem é esse?

Obteve a resposta de Sam:

-Ah, é um novo autobot… Na batalha final, devido á energia do cubo conseguimos três novos reforços e ele é um deles… Bom, mas agora vamos procurar os outros cinco autobots para nos juntarmos e arranjarmos uma estratégia para acabar com os decepticons!

Todos os outros autobots já estavam afastados do avião e tinham-se separado por tarefas- Prome iria tentar emcontar os humanos e o Jetfire, o Ratchet ia proteger os civis, Ironhide e Bumblebee iriam lutar contra os Warriors e o Optimus Prime iria arranjar planos para esta batalha.

Quando encontraram os humanos, houve agora sim, gritos de alegria. Todos juntaram-se e começaram a planear ataques. Até que chegou uma altura em que Ironhide disse:

-Bom, eu mato os decepticons sozinhos, tu, bubmlebee vai salvar os cidadões!

Enquanto isso, bonecrusher no seu modo carro descia a serra pela estradinha de pedras. No meio do caminho, ele enconta uma coisa incrível- Uma rolote estilo a que ele se transformava, mas verde! «A camuflagem perfeita para um autobot que me queira encontrar», pensou ele. Logo, fêz um scanner ao veículo e tornou-se ele. A partir de agora, ele deçidiu mudar o nome dele para Jungle Bonecrusher! Ele transformou-se em rolote e reparou que agora este era muito mais rápido e muito mais resistente. Com a velocidade, foi num flash de segundos que desceu a serra.

1196619258_has14542-transformers-blog.jpg

Ratchet e Bumblebee tinham protegido todos os civís dos perigos, mas de Repente Ratchet lemrou-se de Ironhide, que etsava a lutar sozinho! Estavam tão atarefados a planear tudo que se esqueçeram dele! Ratchet transformou-se em ambulância sem sequer falar com bumblebee e correu com toda a sua velocidade pela cidade á procura dele até o encontrar ao pé de dois Warriors, mas já era tarde demais: Os dois eram Longhaul e Hightower, uns dos piores decepticons de sempres. Os dois esmagavam o corpo de Ironhide com tiros e pontapés, este já com o corpo separado das pernas! Ironhide estava, agora morto. Pior: Outros 3 warriors, bonecrusher, scappinger e scrapper, que na verdade não estava morto de total juntam-se. Os cinco começam a subir uns para cima dos outros, e a aparçerem peças novas por todos os lados. Ratchet olha para cima. Apenas vê agora um só robô, mas este era enorme. Ratchet olha para o robô sem saber quem ele é, mas logo lhe veio á memória: Aquele era um dos maiores inimigos que algum autobot poderia enfrentar, tão poderoso como Megraton… Este era o decepticon mais destruídor alguma vêz existente no universo: O…

 

Continua na parte 5 (brevemente)- Totaly Demolishion!!!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s