Transformers: The Movie (1986)

transformers_the_movie

E cá estou eu a fazer mais uma análise. Para os que não sabem, em 1986 a G1 estava nos seus momentos de ouro. E o que acontece quando um desenho animado está cheio de sucesso? Exactamente, fazem um filme! E assim foi.

A ideia consistia no geral como a maioria dos filmes de desenhos animados: Um filme que faça ponte entre episódeos da série, insira diferenças drásticas e apresente um vilão novo. E é basicamente isto que acontece no filme inteiro (Imaginem-se o Blurr a ler): Novos personagens Autobots aparecem do nada na terra, Autobot City é atacada, novos personagens tentam defender a Autobot City, Optimus Prime aparece e quase mata Megatron, Starscream chuta os tomates do Megatron e assume-se o novo líder dos Decepticons, Optimus Prime fica damificado demais na luta e morre passando a Matrix da liderança ao Ultra Magnus, O novo vilão Unicron dá uns upgrades ao Megatron, passa a chamá-lo de Galvatron e obriga-o a destruír a Matrix, Unicron engole as bases lunares 1 e 2, Autobots vão a passear pelo espaço sideral, Decepticons encontram os Autobots, Kup e Hotrod encontram um monte de bichos esquesitos, os outros Autobots encontram um gangue de motas liderados por Wreckgar, Galvatron explode Ultra Magnus, Galvatron ameaça Unicron com a Matrix, Unicron transforma-se e decide devastar Cybertron sem menhum motivo, Autobots reúnem-se e entram dentro de Unicron, Hotrod e Galvatron lutam, graças á magia da Matrix Hotrod transforma-se em Rodimus Prime, Unicron explode, tudo acaba bem, Until All Are One, os créditos passam e fim.

Eu sei, que confusão. Mas essa confusão está no geral bem coordenada. O grande problema nessa grande confusão é apenas um…

… A montanha de criaturas estranhas que apareem no filme.

A sério, Quintessons? Sharkticons? Allicons? Que coisas são essas? Perdoem-me se não é o que eu deveria esperar, mas quando eu vejo um filme com o nome Transformers, eu quero ver o que o filme tem de 60%: Robôs á porrada e a espancarem-se com o que a animação dos 80 tinha de melhor, não crocodilos e caras falantes. Perdoem-me, mas não compreendo porque os fãns odeiam os designs robôticos dos Bayformers e consideram normal tudo o que eu falei acima. Sem brincadeira, 4o% do filme são esses monstros feios e coloridos a atacarem os personagens. E isso para mim também conta com os Junkions. Não que eu não goste dos Junkions, mas…

Sabem que mais? Confesso, ODEIO os Junkions!  Não entendo como tantos podem gostar dessas criaturas!

Já a banda sonora do filme: É algo que se salva completamente. Grandes músicas Rock e o melhor tema dos Transformers já criado são verdadeiros masterpieces do filme, que criam o ambiente perfeito. The Touch foi obviamente marcante para o filme. Os traços da animação mudam um pouco desde a série original. A técnica é mais ou menos a mesma, porém de certa forma o tipo de animação é mais evoluído.

No geral, o filme de 1986 podia ter sido perfeito… Sem as criaturas ridículas. Perdoem-me, mas nunca vou deixar de implicar com esse promenor. Mesmo assim, o filme é exelente e as suas lembranças nostalógicas mantém a qualidade do filme e tornam-o um clássico dos anos 80.

Anúncios

One thought on “Transformers: The Movie (1986)

  1. Pingback: A Geração 1 « Transformers Blog

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s