Transformers: Zx Spectrum

TF zx spectrum

Como muitos já devem ter notado, eu adoro jogos de Transformers. Afinal, são eles que me salvam quando não tenho nada de mais para postar. Claro, desta vêz não é o caso, mas certos “crássicos” não necessitam de ter menhum caso em especial. E depois este é um jogo da G1, não reclamem!

De qualquer forma, os Transformers têm diversos jogos de diferentes qualidades, desde exelentes jogos como Revenge Of The Fallen para as consolas superiores e Transformers: Decepticons para a DS, como também tem porcarias enormes, como Revenge Of The Fallen para a PSP e Convoy no Nazo. Especialmente Convoy No Nazo, credo…

E tenho a certêza que  qualquer old-timer daqui lembra-se da chegada do Zx Spectrum, certo? Uma época onde computadores eram apenas máquinas a preto e branco para os funcionários de alto escalão fazerem cálculos e imprimir texto, finalmente o Zx Spectrum ofreceu a possibilidade para as famílias da época poderem ter um computador em casa, e com oito cores! Iuhu! E claro, não demorou para saírem jogos para o Zx Spectrum que se tornaram extremamente famosos, afinal quem não se lembra do Maniac Miner?

Eu não me posso lembrar pois não sou da época, mas VOCÊS lembram-se!

E no ano de 1986 surgiu um jogo de Transformers para o Zx Spectrum, que alías, pode ser jogado num emulador online aqui.  E será que as suas oito cores postas em prática com mais pouca tecnologia deram um bom resultado? É o que vamos descobrir!

Spectrum 1

Spectrum 2

Spectrum 3

Antes do jogo começar, temos um bando de flashes sem-sentido e coloridos como normal do Zx Spectrum. E de repente…

Spectrum 4

… TA-TAAAAM! Obtemos esta incrível imagem do Soundwave verde-lima a ejectar o seu “Ratbat” que é na verdade o Lazerbeak com um esquema de cores errado! Aliás, caso não tenham notado, a capa da análise é essa imagem com os meus próprios toques de edição! Espetáculo, né?

Spectrum 5

Depois dessa entrada, clica-se em qualquer tecla opcional e obtém-se o que se vê acima. Em primeiro lugar, não se iludam, as insígnias são apenas imagens, portanto não dá para mudar de facção no jogo, o jogador fica sempre com os Autobots. E depois é fundamental não esquecer antes de jogar ir a C para defenir o teclado como Input Device, ou o jogo não irá responder aos controlos do jogador enquanto joga.

Spectrum 6

Antes de começar o jogo, temos uma mira embaixo do ecrã do jogo (Aquele + amarelo a apontar para o Prime púrpura) para escolhermos entre 5 personagens, por ordem, o Mirage, o Optimus Prime, o Hound, o Jazz e o Bumblebee. Aliás, misteriosamente o Prime é púrpura, mesmo no Zx Spectrum havendo vermelho. E já agora como a emulação pode ser um pouco confusa, vou dizer os controlos no teclado para selecionar o personagem:

1- Move a mira para a direita

2- Move a mira para a esquerda

3- Move a mira para baixo

4- Move a mira para cima

5- Seleciona o personagem

Spectrum 7

Depois de que o jogador escolhe o personagem, ele é teleportado para a batalha a partir de uma aquelas coisas que se vê acima e é obviamente é permitido jogar com o personagem e saír por aí num mundo virtual 2D de plataformas de uma só cor, a disparar contra os Decepticons que tiverem no lugar.

Os controlos são:

MODO-ROBÔ

1- Faz o personagem andar e mover de ângulo para a direita

2- Faz o personagem andar e mover de ângulo para a esquerda

4- Faz o personagem entrar no “modo-voador”, como na G1

5- (Quando o personagem está virado para a direita ou esquerda) Dispara

5- (Quando o personagem está virado de frente) Transforma para veículo

MODO-VEÍCULO

1- Faz o personagem andar para a direita

2- Faz o personagem andar para a esquerda

5- (Quando virado de frente) Transforma em robô

MODO-VOADOR

1- Faz o personagem voar para a direita

2- Faz o personagem voar para a esquerda

3- Faz o personagem voltar ao modo-robô

4- Faz o personagem voar para cima

5- Dispara

Eu sei, pode parecer difíci fazer tudo isso com 5 teclas, mas é apenas questão de se acostumar. Quanto á jogabilidade em si, bem, no modo-robô é basicamente simples e funciona bem. No modo veículo também funciona bem. Por outro lado, se o jogador selecionar o modo voador, é a mesma coisa que suicidar-se, pois verdade seja dita, mesmo que a barra de vida do jogador esteja cheia, no modo voador basta tocar em uma plataforma ou uma parede e BOOOM!!! O jogador literalmente explode.

E sim, este jogo tem não só uma barrá de vida, como uma barra de poder e uma barra de munições! HÁ! Toma isto, “Come-Boi” No Nazo!

Spectrum 9

Como normal de um jogo de Zx Spectrum, não há basicamente história menhuma. Tudo o que o jogador precisa de saber é o básico de Transformers, ou seja, um bando de robôs chamados Autobots que se transformam em veículos que passam o dia a atacar outros robôs que também se transformam chamados Decepticons. E no jogo é basicamente isso que acontece, no meio de uma… base Decepticon, ou onde quer que o jogo decorra. Na minha opinião, acho que antes podiam pôr antes da acção do jogo começar alguma animação ou até mesmo um texto que desse e explicasse a história do jogo.

Os gráficos são os gráficos de um jogo de Zx Spectrum: Tentativas de adaptar-se com as suas 8 cores e fazer cenários fantásticos. Aqui os cenários nem ficaram lá essas coisas, mas ao menos alcançam alguns certo joguinhos da época. Quanto á dificuldade do jogo: Bem, direi simplesmente que, embora também tenha a sua dificuldade, é MUITO mais fácil que o Cacavoy No Nazo. Aqui a vida, o poder e as munições acabam simplesmente quando acabarem, sem “health bonus” ou “Weapons bonus” pelo caminho. Quando começar a esgotar, o melhor que o jogador tem a fazer é correr de volta para o teleporte de onde voltou e assim é teleportado de volta para o menu de escolha de personagem. Aí pode escolher de novo o seu personagem (Que já volta todo preparado para a batalha, com Shields, Health e Power recarregados de novo no máximo) ou escolher outro.

O objectivo do jogo é basicamente ao tipo high score, ou seja, basta saír por aí a acumular pontos até todos os personagens morrerem. Claro, sempre pudemos supor (Imaginar) que quando os pontos chegarem a um valor acima de 999999 e não houver mais espaço no ecrã para os números, milagrosamente aparece no ecrã um “CONGRATULATIONS!!! YOU WON!!!!”, mas duvido que alguém tenha sobervivido no jogo tempo surficiente para descobrir se algo tipo isso acontece.

Spectrum 10

Tudo o que eu posso dizer deste jogo é que não é um daqueles exelentes jogos de Transformers, que os fãns criam um altar em sua volta e consideram-o sagrado, mas também não é um mau jogo. Basta apenas lembrar que isto foi feito com oito cores e pouca tecnologia para não esquecer o tão primitivos que os jogos eram naquela época, comparados aos de hoje. E depois, pelo menos até eu conseguir jogar o Tatakai, este é o melhor jogo da G1 já feito.

Nota final: 7/10

E vou concluír a análise com as minhas sinceras palavras: É VERGONHOSO como um joguinho para o Zx Spectrum consegue alcançar de lonje um jogo de NESten. E sim, estou a referir-me de novo aquela abdominável porcaria do “Cu-boi nu Nacho”! Que raiva só de pensar o tão bom que esse jogo podia ter sido!!!!

—————————————————–

UPDATE 20/12/2009

Este post já existe há algum tempo, mas perdoem-me, que eu realmente precisava de corrigir isto. Após ver um vídeo no Youtube, descobri que o jogo sim, realmente têm algum objectivo a mais do que simplesmente lutar por high-score até todos os personagens morrerem. O objectivo do jogo é apanhar uma espécie de “disquetes” escondidas pelo mapa de plataformas até revelar-se a insígnia Autobot no centro do mapa, como se pode vêr neste vídeo:

One thought on “Transformers: Zx Spectrum

  1. Pingback: As férias de Natal começaram! « Transformers Blog

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s