Prós e contras: Autoscout VS Autoscout

3tb_090802221444ca0h217276__scaled_800

… E assim é inaugurada a nova categoria do blog: Prós e contras! Agora para quê esta categoria? Bem, a ideia é mais ou menos para artigos ao tipo de análises, mas não análises de séries, jogos ou brinquedos e sim, de assuntos relacionados a Transformers.

Sim, devem estar a tentar descobri o que eu bebi ou qual foi o tipo de drogas que tomei, mas confiem em mim, até é uma boa ideia, e vão se apreceber disso á medida que o tempo passa e eu continuar a postar na mesma categoria. E vou aproveitar para inaugurar esta categoria a falar de um recente producto exclusivo que começou agora há pouco tempo a ser lançado: O (Ou melhor falando, Os) Autoscouts. Mas antes disso, necessitamos de voltaaaar no tempo e sabermos um pouco sobre o Autoscout, porque verdade seja dita, acredito que poucos se lembravam dele antes de aparecerem esses lançamentos.

Na G1, o Autoscout foi um Decepticon cassete cujo o modo-robô era um verdaeiro triciclo e que apareceu literalmente por 37 segundos no início do episódeo “A Prime problem”. Tudo o que ele faz é ejectar-se do peito de Soundwave e explodir ao agarrar em um cristal. E podem ver isso aqui, entre os minutos 1:08 e 1:45 . É, defacto foi estúpido, mas ao menos o episódeo até foi fixe. E a aparição do Autoscout foi tão breve que a Hasbro até se esqueceu de criar uma figura dele.

*[Imaginem algo que represente o tempo a passar na timeline, quer seja uma cabine telefónica a teleportar-se ou quer seja um Delorean a atingir uma velocidade altíssima]*

25 anos depois. Alguém da I-Gear, uma marca famosa por fazer productos de Transformers não-oficiais para os fãns (Basicamente kits de upgrades) estava a rever no seu computador esse episódeo, e pensou que poderia vender como água um Autoscout produzido por eles, afinal é um personagem da G1 que nunca foi lançado oficialmente e as probalidades de milhares de maníaco o comprarem eram muitas. Então puzeram mãos á massa, desenharam a figura, projectaram o brinquedo, trabalharam o prótotipo, aplicaram as cores, etc… E por aí adiante quaaando de repente alguém diz na produção quando o producto final já está quase a ser concluído e não há maneira de cancelar:

-Peraí pessoal… Mas esse Autoscout não é o mesmo personagem que a TFC (Outra marca de exclusivos para transmaníacos) está a desenhar desde há alguns dias atrás com mais um monte de acessórios para os Classics?

E aí o director do projecto solta o maior “Doooooooohhh!!!” da sua vida. E ambas impresas de exclusivos são forçadas a lançar um producto semelhante, provocando uma forte disputa para ver qual dos dois vendia melhor.

E observando assim algumas imagens de ambos, decidi fazer uma lista sobre as qualidades e “desqualidades” de cada um:

Autoscout VS Autoscout

Concluíndo:

Como se pode ver na lista, o Autoscout da I-Gear teve um ponto positivo a mais do que o Autoscout da TFC. Porém, isso não significa que o Autoscout da TFC seja inferor. No geral, pelo que eu vi pelas imagens, direi que os dois empataram em questão de qualidade. Do meu ponto de vista, depende da escolha do colecionador: Se fôr um fã de G1 que pretende inserir o Autoscout no meio dos seus Cassetitcons de G1, é definitivamente o da I-Gear. Porém, se o fã fôr uma pessoa mais intressada em colecionar figuras mais actuais como Classics/Universe/Henkei ou até de outras linhas, o da TFC é perfeito. Eu como ultimamente tenho mantido meu foco em Classics/Universe/Henkei e sei que a minha colecção de G1 sofre da falta de Decepticons, acredito que com tempo e dinheiro compro os dois.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s