As 10 cenas de Transformers mais espetaculares de sempre!

Eu bem disse que o próximo post ia ser espetacular. E assim decido compensar o tempo que fiquei fora do blog com as cenas mais espetaculares em toda a saga! E porquê continuar a expandir mais este parágrafo? Vamos logo ao que intressa!

… Se  bem que este primeiro parágrafo defacto devia ficar mais “grossinho”, mas o que mais querem que eu diga? E agora sim, vamos passar logo ao importante! E começando com…

10º- O nascimento de Galvatron (Transformers: O filme de 1986)

Confesso que eu ao início não gostei muito desta cena. Seremos justos, os diálogos entre o Megatron e o Unicron são tão originais quanto a história de Avatar, mas o realmente fabuloso nesta cena foi o breve momento da reformatação de Megatron em Galvatron e da sua armada completamente em CGI. Não nos esqueçeremos que nos 80, embora já existisse algum bom número de filmes que ussasem efeitos de CGI, era raríssimo ver isso em um filme de um desenho animado. O filme de 1986 fêz parte desse “raríssimo” e criou uma cena que hoje em dia tornou-se uma cena clássica… Bom, uma cena clássica pelo menos entre os fãns. Além de mais, pensem no ponto de vista de um miúdo fã de Transformers nos anos 80 a ver pela primeira vêz esta cena do filme no grande ecrã. Pode não soar nada de especial falando assim, mas tentem incorporar esse miúdo imaginário…

… Conseguiram?

Não disse que era fascinante para os miúdos da época verem algo assim? Por outras palavras: Este simples momento em CGI do filme de 1986 é melhor que praticamente todos os “gráficos”  á PS1 de Beast Wars. Claro, isso não me impede de colocar algumas cenas de Beast Wars lá para a frente da lista, mas bom, vamos prosseguir!

9º- “I am Omega Supreme!” (Transformers Animated)

Antes de começar a escrever este parágrafo, gostava de falar uma coisinha:

BUÁÁÁÁÁ!!! Filhos da p#&@! Cançelaram Animated, a melhor série de Transformers de sempre! Fogo, estava a gerar uma porrada de lucro para a Hasbro e para as emissoras! Que m€%#@ passou pela cabeça deles quando deçidiram terminar com praticamente tudo á pressa na terçeira season???

Agora, eu sei que isso já aconteçeu no ano pasado, portanto realmente é excusado queixar-se disso enquanto estamos em 2010- Mas enfim, mesmo assim as saudades de Animated ainda não morreram. É de lonje a minha série animada de Transformers favorita, e custa-me ter que aceitar que todos aqueles dias em que eu acordava de manhã e corria feito louco aos sites de notícias de TF a ver se saía algum episódeo novo- E depois ficar durante os típicos 20 minutos de duração dos episódeos preso ao ecrã do PC, apenas focado nas aventuras que os Autobots vivam, sem se importar se a minha mãe me estava a mandar arrumar o quarto, se meus professores estavam extremamente P´s da vida com as minhas notas á entrada da porta a segurarem em sabonetes enrolados em toalhas ou até se a casa estivesse prestes a explodir- Fogo, preferia ter um quarto desarrumado, ficar cheio de pancadas e ter o prédio a desabar por cima de mim do que ter que interromper um episódeo de Animated a meio por causas “menos importantes”!

Pronto, agora que já desabafei, posso falar sobre essa cena acima de Animated. Todos os que leram a minha última revisão fotográfica sabem bem que eu sou praticamente doido pelo Animated Lugnut, e visto que o Omega Supreme na série é basicamente o equivalente a uma versão Autobot do Lugnut 100 vezes maior, como eu podia deixar de gostar dele? E por isso eu posso dizer sem medo de errar que a sua “apresentação” na série foi de lonje um dos melhores momentos de Transformers! E é por causa desses momentos icónicos que eu sou um fã incondicional de Animated. Até hoje tenho pena que não tenha sido feito uma figura do Omega Supreme- Mas bom, visto que este ano Animated vai começar a passar no Japão e já começaram a preparar algumas figuras novas, portanto ainda há esperanças de um “Supreme Class Omega”. Por isso vê-lo á porrada (Se bem que com ele não há porrada, é logo tudo na fase do BUUUUUUUUUM!!! K.O!”) é uma das cenas mais icónicas da série de Transformers que até agora permaneçeu como a minha favorita.

8º- Optimus Prime entra em Shangai (Transformers: Revenge of The Fallen)

Esta cena entra na lista não só por ser INDESCRITIVELMENTE ESPETACULAR, mas como também entra por me trazer exelentes recordações. Claro, quando eu me refiro a recordações, claramente não me refiro a recordações nostálgicas, visto que o filme não saíu nem há um ano, e sim, refiro-me á linda recordação de ver Revenge of The Fallen em um cinema de Los Angeles. Para melhor entendimento, vou descrever da seguinte maneira:

VER EM UM CINEMA NORMAL: A pessoa entra na sala. Típicos murmúrios, sala de cinema normal, algum ou outro gajo a conversar com a namorada e a explicar alguma coisa sobre os Transformers nos anos 80 antes do filme começar. O filme começa. Riem-se nas partes engraçadas, alguns divertem-se, um ou outro diz algo em um momento inapropriado, etc…E o filme acaba, e por mais que as pessoas tenham gostado ou odiado, o máximo que vemos é algum gajo a debater com outro á saída a opinião.

VER EM UM CINEMA DE LOS ANGELES: Entra-se e nos primeiros minutos tudo o que notamos é que a sala é enorme. Sentamo-nos no lugar e vemos que á nossa volta as pessoas debatem- Debatendo com expectativas, falando sobre tudo o que esperam, tudo o que acharam do filme anterior e tudo o que queriam ver neste. Nos últimos minutos antes do projector ligar-se, uma forte tensão percorre a sala. Todos ficam anciosos á espera que as suas espectativas sejam satisfeitas e que o filme seja espetacular. O projector liga-se e as pessoas batem palmas feito doidos, como se tivessem passado ma vida inteira á espera daquele momento. O filme decorre. O público exprime emoção durante todo o decorrer do filme, batendo palmas sempre que havia alguma luta hardocore, rindo-se constantemente das piadinhas espalhadas do filme e doidos sempre que viam a Mega Fox no ecrã. E quando 0 filme acaba, TODOS, sim, PRATICAMENTE TODOS NA SALA DE CINEMA ENORME E LOTADA, alevantam-se e batem palmas! O PUBLICO VAI AO DELIRIO!!! IT ROCKS!!!! YOU ROCK BAY!!!!! YEEEEEEEEAHHHH!!! THIIIS ROCKS!!!! FREAKING REVENGE OF THE FALLEN IS ONE OF THE MOST ´EFFING COOL FILM EVER!! YEEEEEEEEEEEEEEEEES!!!!!

… Hã, voltando ao normal, o espetacular de ver em um cinema de LA é a emoção do público e a apreciação pelo filme que demonstra como a maioria dos críticos “inteletcluiais” e com “altah cenimotográfia” estão errados. E no meio de tanta coisa posso defenir que o mais espetacular dessa expriência foi a apresentação de Optimus Prime ao chegar a Shanghai. Bom, devo admitir que toda a batalha de Shanghai em si é fabulosa- Iniclamente eu ia inserir a batalha interia na lista, mas como os únicos videos da batalha de Shanghai que eu encontrei têem péssima qualidade, o momento que eu destaco especialmente nessa cena é a chegada de Optimus Prime a Shanghai, pois além de ter sido de lonje umas das melhores (Senão A melhor) apresentação de um personagem no cinema, a apareçer pela primeira vêz no ecrã durante o filme, esta cena foi uma onde o público foi praticamente ao delírio. Simplesmente perfeita! Ver Optimus, o melhor líder da história do cinema (Bom, melhor “líder do bem”, afinal o melhor “líder do mal” é e sempre será o Lord Vader, claro…) ser apresentado de uma maneira tão gloriosa foi lindo! Isso sim, deixará um marco no cinema, não os gatinhos idiotas de Avatar…

Sim, eu não gosto do Avatar. Muita gente já deve saber disso, mas nunca é demais criticar de novo “Pocahontas: Versão James Cameron”.

7º- A transformação do Devastator (Transformers: Revenge of The Fallen)

Por mais que os críticos reclamem, por mais que os fãns façam birrinha nos fóruns e por mais que me venham chatear nos comentários, algo inegável é que todos borraram-se nas cuecas quando este ser gigantesco transforma-se diante o público e saí por aí a sugar praticamente tudo o que se encontra no caminho, não se importando se é areia, pessoas, carros ou até outros robôs.

Uau, a sério, se o pobre do Devastator fosse um ser humano, ele ia acabar por apanhar uma indigestão do caneco… Mas bom, humano ou não, esta apresentação foi fabulosa. E mais uma vêz, tal como a entrada do Optimus Prime, eu também queria inserir a cena completa dele a transformar-se e a devorar o Mudflap, porém também não encontrei menhum vídeo em HQ dessa cena no Youtube. O que é uma pena, pois quase todos os vídeos deste fabuloso momento que se podem encontrar no Youtube são basicamente remakes e remixs- De todo o tipo, desde os mais rápidos até aos mais dramáticos– E eu como fã de Saw (AKA Enigma Mortal, AKA Jogos Mortais) tenho que admitir que adorei a versão dramática com o “Hello Zepp” de fundo!

6º- A coroação e morte de Starscream (Transformers: O filme de 1986)

Uma coisa eu garanto, se algum dia o Maurício de Sousa adaptasse os personagens da Turma da Mônica como Transformers, a Mônica (A “Mázinha”, se assim podemos dizer) seria sem dúvida a versão femenina criança do Megatron e o Cebolinha (Que pode não ser muito  bonzinho, mas é altamente egocêntrico) sem dúvida seria a versão orgânica de cabelo espetado do Starscream- Tudo isto especialmente pela relação de adversariedade entre Mônica/Megatron e Cebolinha/Starscream, da “Mônicatron” ser a lídermanda-chuva e do “Cebolascream” ser o jovem que fica o tempo todo a inventar planos infalíveis para assumir o reinado. E qualquer bom leitor da turminha sabe que nos poucos quadrinhos em que o Cebolinha consegue assumir o reinado, 5 minutos depois a Mônica apareçe apra leh encher de coelhadas. Clássico…

E este momento da coroação de Starscream é o equivalente a esse típico momento da turma da Mônica, com a única diferença de que, ao contrário dos “gibis”, aqui em vêz de ser uma coelhada é um mega-hiper-freaking-awesome raio desmaterializador.

Por outras palaras: Este momento do filme  ocorre logo após a reformatação de Megatron para Galvatron, e a Hasbro necessitava de provar que o gajo é um “meco doido xinado dos cornos”  espetacular- E então para provar isso nada faz mais sentido do que desmaterializar um dos personagens chave da série em um dos seus incomuns momentos de glória, certo? E convenhamos, foi hiper-fixe ver o patético covarde Decepticon a ser desmaterializado pelo verdadeiro líder Decepticon- Algo que o próprio Megatron já devia ter feito muito mais cedo nas duas temporadas da G1 anteriores ao filme de 1986.

Mas bom, antes cedo do que nunca, certo?

5º- A chegada dos Autobots á Terra (Transformers: O filme de 2007)

… E cá está mais uma cena que, tal como a transformação do Devastator, por mais que os fãns façam birrinha, realmente mereçe destaque neste post. Eu até pensei que poderia deixar esta parte da lista escrevendo simplesmente “Pronto, é fixe E ACABOU!”, maaas como eu sei que a maioria vão querer ao menos algum argumento sólido para descrever este momento ou caso contrário eu vou passar a ser conhecido como um imbecil entre os membros da soceidade transfã (Tarde demais, já estão aqui 3 cenas das “estrupações de Transformers do Bay” e provavelmente não vão ser as únicas, já ninguém mais me aceitará em algum fórum de Transformers), vou aqui explicar os meus motivos:

Em primeiro lugar até ao momento já tinhamos visto no filme, no lado dos Decepticons o Blackout, o Scorponok, o Barricade e o Frenzy, e do lado dos Autobots aparentemente só o Bumblebee é que pareçia existir. Esta chegada prova que afinal existem mais Autobots do que só um simples Camaro amarelo (Um Camaro carismático, mas fogo… Era só um… ) e que dirigem logo a vantagem para os nossos queridos Autobots.

Depois temos o “fator nostalgia”, com os Autobots, que acompanharam os fãns oitenistas na infância, de vê-los a chegarem á Terra de uma maneira tão estupenda que todos nós preferíamos ver na infância em vêz de uma animação ridícula da Arca a despenhar. Este momento foi exelente por demonstrar os Autobots em todo o seu poder e a transmitir a sensação de nostalgia para os fãns e a sensação de algo novo e espetacular para os que não conheçiam os Transformers até ali. Este é um dos poucos momentos do filme onde ambos lados de fãns e não-fãns podem gostar do mesmo.

E claro, sempre existe a linda transformação em 360 do Líder Optimus Supremo, que nos deixa a babar e a sonhar que o brinquedo do Prime de há 3 anos atrás tivesse o mesmo nível de qualidade e detalhe como o do ROTF têm. A sério, o do primeiro filme é tão, tão, tão fraquinho comparado á sua versão sucessora…

E se alguém ainda me fôr criticar por este momento estar na lista (O que seria estranho, mas ok, tudo é possível), façam-vos a vocês mesmos uma pergunta: Não se sentiram comovidos quando viram o Ironhide (Ou o Prime, não vamos discutir isso de novo) saí da piscina diante a menina que, ao observar tamanho ser massivo a passar sobre ela, têm a sua reacção cuti-cuti inocente “Sorry, are you the tooth-fairy?” Se não se sentiram comovidos ou são algum tipo de anticristo filho do diabo ou algum crítico armado á cult que considera que hoje em dia o cinema não consegue ser tão emocionalmente poderoso como há 20 anos atrás. Ou talvêz uma mistura de ambos…

Embora eu deva reconheçer que para alguns não foi tão emocionalmente impactante como a próxima cena é.

4º- Dinobot: O código do herói (Transformers Beast Wars)

Para alguns, claro. Mais uma vêz eu pessoalmente nem me importava de deixar de fora esta batalha, mas mais uma vêz age o fator “se-não-estiver-na-lista-metade-dos-fãns-vão-me-cortar-os-braços-e-matar-os-meus-pais-enquanto-eu-durmo”.

Em primeiro lugar, o vídeo acima é uma versão comprimida do episódeo de Beast Wars “Code of hero”. E eu aconselho que, para melhor compreensão, o leitor tire alguns poucos minutos da sua leitura para poder assistir o episódeo completo (Começando por aqui) ou o vídeo acima provavelmente não fará muito sentido. De qualquer forma, o que eu gosto especialmente em Beast Wars é o seu estilo maturo de ser. Existem na série certos momentos tão brutais que, nos anos 80, o mais perto de encontrar tamanha violência entre Transformers era apenas nas salas de cinema e nos VHS do filme de 1986. E aqui deparamo-nos com um dos mais violentos momentos de Beast Wars, onde o Ex-Predacon Dinobot prova que realmente é um verdadeiro aliado para os Maximals, sacrificando a sua própria vida para proteger uma civilização de pré-humanos.

O que teria aconteçido se ele não tivesse sacrificado a sua vida? Bem, diremos que personagens humanos como Spike, Sparkplug, Carly e Daniel nunca teriam existido e a G1 acabaria com os Decepticons a pizarem os pedaços de sucata restantes dos Autobots. E dada a importância desta luta, não tenho mais nada a dizer.

Claro, a não ser que por mais brutal que tenha sido essa luta, definitivamente não chega nem perto de ser TÃO violenta como a próxima cena.

3º- Ataque ao transporte Autobot (Transformers: O filme de 1986)

Aliás, esta provavelmente é a cena mais violenta em toda a história da franquia. Por onde irei eu de começar? Já falei bastante deste momento em outra lista minha, mas nunca é demais voltar a falar de novo de tamanha brutalidade. Então vamos lá resumir tudo de novo: Prowl, Brawn, Ironhide e Ratchet estão a bordo de uma pequena nave Autobot, pacificamente a caminho da Terra.  Quando do nada BOOM-BLAM! Os Decepticons invadem o transporte, entrando no seu interior e exterminando de vêz os devidos Autobots. Claro, quando uma pessoa que mal conheçe a G1 vê esse vídeo e não reconheçe os personagens que são violentamente mortos, provavelmente devem pensar “Ahhh, isso é apenas umas tretas infantis do Megatron a matar alguns Autobots genéricos e tal”, então deixo já claro algo:

Os Autobots que estavam a bordo eram personagens clássicos da G1. Duraram duas temporadas inteiras antes do filme de 1986 e eram alguns dos personagens mais preferidos pelos putos (E só pra deixar mais uma vêz claro para os Brasileiros, por aqui “putos” é o equivalente a “garotada”, portanto não entendam de otura maneira!) da época. Logo devem estar a imaginar a choradeira que foi para a maioria ver alguns dos personagens favoritos a serem violentamente mortos, certo? Só para demonstrar a importância dos personagens, cá vai uma comparação bastante clara: A importância dos personagens que foram mortos de vêz era o equivalente á Disney criar um filme do DuckTales que começasse com os Irmãos Metralha a assasinarem o Zézinho, o Huguinho, o Luisinho e o Pato Donald. Yup, este vídeo é a versão Transformers do momento que acabei de inventar agora.

E para eu não terminar este parágrafo assim tão rapidamente, cá vai uma curiosidade: Notaram algo de estranho no vídeo? Caso não tenham reparado, por volta dos 42 segundos vemos Starscream a “esconder-se” atrás do buraco que os Decepticons fizeram ao entrar na nave e em seguida ainda o vemos a disparar ensse mesmo lugar- O que é idiota, pois o verdadeiro Starscream estava no centro da nave a manusear o Megatron e a matar os Autobots. Felizmente, quando lançaram o DVD do filme que mais tarde foi adaptado para Blu-Ray, o clone, se assim poderemos chamar, foi substituído pelo Skywarp- Tal como se pode ver neste vídeo lá pelos 8 primeiros segundos.

2º- A batalha da Autobot City (Transformers: O filme de 1986)

Hmmm… Contando com este clipe, já estão na lista 4 momentos do filme de 1986! Será que eu estou a valorizá-lo demais?

De qualquer forma, quer eu esteja ou não, este momento é um dos meus favoritos de sempre. Adorei-o da primeira vêz que vi e até hoje adormeço a rever vezes sem conta este momento na minha PSP. A quantidade de coisas cools e ao mesmo tembo absurdas que aconteçem nesta sequência são espetaculares!

Preciso de dizer mais alguma coisa? Vejam por vocês mesmos! Não é por isso que eu puz o vídeo acima?

1º- “Let´s roll!” (Transformers: Revenge of The Fallen)

Perdoem-me pela péssima qualidade do vídeo acima, mas foi o melhor que eu consegui encontrar. Lembro-me que havia algures pelo Youtube um vídeo em HD da cena completa, desde a “reanimação” do Optimus Prime até o The Fallen ser derrotado, mas provavelmente deve ter sido removido. De qualquer forma, esta cena é como a batalha da Autobot City: É tão indescritivelmente espetacular que eu não preciso de explicar nada.

Enfim… Para os que nãs sabem, como comum de uma lista minha, o número 1 nunca é o último lugar. Eu sempre costumo fazer uma lista com 10 lugares e o melhor fica sempre depois do primeiro- Porém desta vêz há uma pequena exepção…

AS MELHORES CENAS DE TRANSFORMERS DE SEMPRE: Optimus Prive VS Megatron em 1986 e em 2009!

… Empate entre duas coisas completamente diferentes no último lugar!

Antes de  eu falar sobre ambas as batalhas, gostaria de dizer que, tal como eu já disse inúmeras vezes, sou um fã incondicional do Revenge of The Fallen. Claro que existe sempre um número razoável de critícos burros que vão ver o filme uma vêz e acham que “já kataram a cena toda, tásaver meu?”, mas justiça seja feita, Revenge of The Fallen é uma verdadeira evolução na história do cinema- Sem dúvida muito mais revolucionário do que o Avatar e os seus gatinhos azuis de 3 metros de altura.

Uaaaaaaau, já estiguei o Avatar três vezes neste post! Um novo recorde! Sinto-me orgulhoso!

Prosseguindo, essa fabulosa batalha é sem dúvida indespensável na lista. Porém seria sem dúvida injusto deixar de fora a clássica luta dos anos 80 entre Optimus Prime e Megatron. Portanto assim eu declaro oficialmente um empate entre ambos, que embora sejam por si completamente diferentes e que sirvam para públicos completamente opostos, acabam por “equalizar” no mesmo lugar.

E bom, é isso. Demorou quase duas semanas para escrever este mega-post, mas sinceramente, sinto-me bastante satisfeito com o resultado. Agora eu vou ter que trabalhar muito na escola, pois tenho testes quase diariamente e ainda preciso de terminar um filme de ficção científica super-avançado para Área de Projecto nas três próximas semanas e ainda nem começei a escrever o guião, portanto em tempos de escola vou ter mais dificuldade em postar- Mas hei, quando este gajo chegar aqui lá para o fim do mês (Ou melhor esclareçendo, literalmente no primeiro dia de Março) vou ter muito que postar…

user posted image

Fiquem com Primus!

Anúncios

5 thoughts on “As 10 cenas de Transformers mais espetaculares de sempre!

  1. Daqui Guardião de Optimus Prime:

    Escrevo para dizer que ainda estou em Nova York e que o Optimus está mortinho para ir para a sua nova casa em Portugal. No próximo Domingo arrancamos de avião. Vemo-nos por aí na 2ª feira, dia 1 de Março.

    Até lá,

    Guardião.

  2. Todas as vezes que eu vejo o Prime dizendo: “I’ll take you all on!” um arrepio corre o corpo. A mesma coisa quando o megatron diz : “Its over prime.” e o Optimus diz “Never!” e joga ele dois andares abaixo no filme de 86. Enfim, todo esse bando de bobagens pra falar que realmente foi um post bem legal e pra perguntar uma coisa: Se odiou tanto o Avatar, porque tu entrou na comunidade dele?

    Sem querer ser chato.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s